Curso de Especialização em Linguagem, Cultura e Mídia – UNESP/Bauru

As inscrições para o Curso de Especialização em Linguagem, Cultura e Mídia da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação – FAAC, UNESP – Universidade Estadual Paulista, Campus de Bauru estão abertas até 15 de julho de 2015.

O curso será ministrado por docentes do Departamento de Ciências Humanas da FAAC. Ministrarei a disciplina Comunicação, cidadania e ativismo digital. Clique aqui e acesse o site do curso.

unknown

 

email2

 

 

Anúncios

Abertura de Editais para Promoção de Projetos Culturais – Secretaria de Cultura do Est. de São Paulo

A Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo divulga editais para a promoção de projetos culturais.

Inscrições pelo site: www.cultura.sp.gov.br
São eles:

Edital ProAC nº 13/2011 – CRIAÇÃO E/OU MANUTENÇÃO DE SITE DE CULTURA
– Vigência: 20/05/2011 a 05/07/2011

Edital ProAC nº 11/2011 – PROMOÇÃO DAS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS COM TEMÁTICA LGBT
– Vigência: 17/05/2011 a 08/07/2011

Edital ProAC nº 18/2011 – PROMOÇÃO DA CONTINUIDADE DAS CULTURAS TRADICIONAIS
– Vigência: 17/05/2011 a 22/07/2011

Edital ProAC nº 19/2011 – PROMOÇÃO DA CONTINUIDADE DA CULTURA INDÍGENA
– Vigência: 17/05/2011 a 27/07/2011

Edital ProAC nº 09/2011 – MONTAGEM E/OU MANUTENÇÃO DE ESPETÁCULO CIRCENSE
– Vigência: 13/05/2011 a 27/06/2011

Edital ProAC nº 10/2011 – PRODUÇÃO DE NÚMERO CIRCENSE
– Vigência: 13/05/2011 a 30/06/2011

Edital ProAC nº 05/2011 – FESTIVAIS DE ARTES NO ESTADO DE SÃO PAULO
– Vigência: 10/05/2011 a 11/07/2011

Edital ProAC nº 08/2011 – PUBLICAÇÃO DE LIVROS
– Vigência: 06/05/2011 a 22/06/2011

Edital ProAC nº 06/2011 – CRIAÇÃO E PUBLICAÇÃO DE HISTÓRIA EM QUADRINHOS
– Vigência: 04/05/2011 a 17/06/2011

Edital ProAC n° 03/2011 – PRODUÇÃO DE ESPETÁCULO DE DANÇA
– Vigência: 29/04/2011 a 15/06/2011

Edital ProAC nº 04/2011 – DIFUSÃO E CIRCULAÇÃO DE ESPETÁCULO DE DANÇA
– Vigência: 29/04/2011 a 20/06/2011

Edital ProAC n° 02/2011 – DIFUSÃO E CIRCULAÇÃO DE ESPETÁCULO DE TEATRO
– Vigência: 07/04/2011 a 02/06/2011 – prorrogado

Edital ProAC n° 01/2011 PRODUÇÃO DE ESPETÁCULO INÉDITO DE TEATRO
– Vigência: 07/04/2011 a 30/05/2011 – prorrogado

Lançamento do meu 2º Livro: As tradições gaúchas e sua racionalização na modernidade tardia

Meu segundo livro As tradições gaúchas e sua racionalização na modernidade tardia será lançado oficialmente pela Editora Unesp no dia 27 de abril de 2011.

Será uma edição digital para download gratuito e quem quiser adquirir uma versão impressa poderá faze-lo solicitando diretamente na Editora Unesp.

Após o lançamento vou disponibilzar aqui no blog o link para o download gratuito da obra!

Quem tiver interesse em saber mais sobre essa obra pode acessar a entrevista que eu concedi a Radio Unesp e ler a sinopse do livro logo abaixo.

Boa Leitura!

Entrevista sobre a obra As tradições gaúchas e sua racionalização na modernidade tardia

Sinopse da obra As tradições gaúchas e sua racionalização na modernidade tardia

Este livro analisa a racionalização das tradições num contexto de modernidade tardia. A análise tem como ponto de partida as tradições gaúchas e sua manifestação nos Centros de Tradição Gaúcha (CTG). O estudo foi desenvolvido com base na bibliografia especializada sobre o tema e em uma pesquisa efetuada durante o ENART 2008 – Encontro de Arte e Tradição Gaúcha, realizado em 2008 na cidade de Santa Cruz do Sul – RS. Os estudos apontam que a modernidade tardia traz à tona a reflexividade e racionalização das relações, experiências e tradições. Tradições são (re)inventadas e, neste caso, (re)inventadas tendo o CTG como cenário e esta (re)invenção permite manter os vínculos e a sociabilidade do grupo sócio-cultural que se reconhece enquanto grupo e se diferencia dos demais por identificar-se em torno de símbolos, práticas, crenças e rituais que os une, pois é comum a todos eles, independente do espaço geográfico que ocupem. Na modernidade tardia o caráter de ludicidade atribuído às tradições (re)inventadas no CTG é o fio condutor para inúmeras relações que se estabelecem nesse cenário e é o combustível de todas as práticas e rituais vivenciados ali. A ludicidade das atividades dá sentido às práticas tradicionalistas e à toda tradição que foi (re)inventada e que passa a ser racionalizada no contexto de modernidade reflexiva. Essa apropriação do caráter lúdico das tradições e as relações estabelecidas no CTG a partir dos símbolos, práticas e rituais sinalizam que estamos vivenciando no Brasil um contexto de modernidade tardia. No contexto da modernidade tardia, a tradição racionalizada é uma maneira de evitar choques entre diferentes valores e modos de vida, uma vez que age como articuladora de atores e grupos sociais, entre as diferentes instâncias do mundo social.

Jornal Unesp divulga entrevista comigo sobre o meu livro “Cultura Gaúcha e Separatismo no Rio Grande do Sul”

Jornal Unesp divulga entrevista comigo a respeito do meu livro “Cultura Gaúcha e Separatismo no Rio Grande do Sul”

Clique aqui e leia a entrevista
(entrevista concedida ao Jornal Unesp em março de 2010)

Clique aqui e acesse o livro gratuitamente

O país sob a lupa da Ciência Social

O Brasil apresenta uma grande variedade de processos sociais. Diante dos altos índices de violência, por exemplo, a população busca mecanismos para enfrentar esse mal. E há questões regionais importantes, como o separatismo que marca a visão dos moradores do Rio Grande do Sul. Esses temas fazem parte de dois dos 44 livros que integram o Programa de Publicações Digitais, iniciativa conjunta da Editora Unesp e da Pró-Reitoria de Pós-Graduação. As obras estão disponíveis para download gratuito no endereço www.culturaacademica.com.br (Oscar D’Ambrosio).

Biblioteca Nacional Digital do Brasil

Visite o portal da Biblioteca Nacional e fique sabendo das novidades, pesquise os catálogos e tire suas dúvidas sobre os serviços prestados.

No portal é possível ter acesso a milhares de documentos digitalizados, projetos de preservação da memória e acervo para consuta com inúmeros títulos.

Acesse: Biblioteca Nacional Digital do Brasil

Biblioteca Virtual de Estudos Culturais

A Biblioteca Virtual de Estudos Culturais é organizada pelo Programa Avançado de Cultura Contemporânea (PACC/UFRJ) e desenvolvida pela Coordenação Interdisciplinar de Estudos Culturais (CIEC), do Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação (ECO) da UFRJ, integra o conjunto de bibliotecas virtuais temáticas do SIBI – Sistema de Bibliotecas e Informação da UFRJ.

Na Biblioteca Virtual de Estudos Culturais você encontra links para acervos e referências, associações e sociedades científicas, publicações, entre outros.

Estudos Culturais

Os Estudos Culturais formam um campo de pesquisa, uma prática, ou melhor, um viés metodológico interdisciplinar para estudos na área da cultura – no sentido amplo dado pela antropologia, mas restrito ao universo das sociedades industriais contemporâneas e suas inter-relações de poder. Na sua agenda temática estão gênero e sexualidade, identidades nacionais, pós-colonialismo, etnia, cultura popular e seus públicos, políticas de identidade, práticas político-estéticas, discurso e textualidade, pós-modernidade, multiculturalismo e globalização, entre outros.

Um traço importante de atuação dos estudos culturais é o compromisso de interagir diretamente com as práticas políticas, sociais e culturais, também objetos de sua abordagem.

Originários da Inglaterra, os Estudos Culturais expandiram-se para os Estados Unidos, outros países da Europa e da América Latina e hoje são reconhecidos como uma ferramenta de análise legitimada nas áreas de Literatura, Ciências Sociais, História e Comunicação, entre outras.

Fonte: PACC/UFRJ

Biblioteca Digital Mundial da Unesco

A Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) possui uma Biblioteca Digital Mundial que permite consultar gratuitamente pela Internet o acervo de grandes bibliotecas e instituições culturais de inúmeros países, entre eles o Brasil.

Dezenas de milhares de livros, imagens, manuscritos, mapas, filmes e gravações de bibliotecas em todo o mundo foram digitalizados e traduzidos em diversas línguas para acesso no site da Biblioteca Digital da Unesco.

Acesse o Sistema de Busca da Biblioteca Digital Mundial da Unesco

A Biblioteca Digital Mundial disponibiliza na Internet, gratuitamente e em formato multilíngue, importantes fontes provenientes de países e culturas de todo o mundo.

Os principais objetivos da Biblioteca Digital Mundial são:

  • Promover a compreensão internacional e intercultural;
  • Expandir o volume e a variedade de conteúdo cultural na Internet;
  • Fornecer recursos para educadores, acadêmicos e o público em geral;
  • Desenvolver capacidades em instituições parceiras, a fim de reduzir a lacuna digital dentro dos e entre os países.
  • Fonte: Universo do Conhecimento e Biblioteca Digital Mundial da Unesco