Pérolas da Redação Científica 2 – Número de publicações indica qualidade científica

O post de hoje faz parte da série PÉROLAS DA REDAÇÃO CIENTÍFICA: textos voltados para a prática e reflexão da produção científica.

Todo o material apresentado nesta série é cedido pelo NIPEM – Núcleo Institucional de Pesquisas Multidisciplinares da Universidade do Oeste Paulista – Unoeste, do qual eu faço parte.

Para saber mais sobre o NIPEM acesse: http://www.unoeste.br/site/pesquisa/nipem/NIPEM.aspx
Siga no Twitter: @Nipem_Unoeste

A Pérola número 2 é “Número de publicações indica qualidade científica” . O texto chama a atenção para o problema dessa máxima e mostra que quantidade não é qualidade. O pesquisador que publica grandes quantidades de textos não é, necessariamente, o melhor pesquisador.

Veja outras Pérolas da Redação Científica neste blog.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s