Professor universitário: 13 dicas para inovar sua prática pedagógica

A ideia sobre esse post nasceu a partir de algumas dicas que encontrei no site Educadores Inovadores. Fiz algumas adaptações e postei no blog. Acredito que muitas dessas dicas podem ajudar o professor universitário em sua prática docente. Guardadas as devidas proporções, também podem servir para professores de outros níveis de ensino.

Muitos professores se perguntam: como posso fazer um projeto? Que ferramenta posso utilizar e qual o meu papel no projeto? Neste post vou apresentar 13 dicas sobre o papel do professor no desenvolvimento do projeto.

Num próximo post irei apresentar um roteiro para criação de projetos de extensão e de pesquisa, baseado em minhas aulas de Metodologia de Pesquisa Científica. Aguardem!

Aqui estão 13 dicas sobre o papel do professor na hora de criar um projeto.

1 – O papel do professor não deve ser o de ensinar, mas orientar as opções de “caminhos” que os alunos poderão trilhar;

2 – Coloque o aluno em situação de protagonista de sua aprendizagem, mantendo-o como sustentador de novos e contínuos desafios, principalmente se esse aluno estiver no ensino superior;

3 – Os educadores envolvidos devem contagiar seus pares, gestores, comunidades e realizar parcerias. Isso é fundamental para a visibilidade da faculdade/universidade na comunidade onde ela se insere;

4 – Mostre abertura para o trabalho colaborativo, convidando colegas de diferentes áreas e equipes diretivas para a participação;

5 – Inserir-se em comunidades virtuais e buscar parcerias também com outras universidades ou cursos de graduação da sua instituição;

6 – Abra o planejamento para a comunidade, socializando o trabalho e solicitando a participação da mesma;

7 – Você só conseguirá contagiar seus pares, gestores, alunos e comunidade e realizar parcerias com diálogo e postura profissional;

8 – Mostre que o projeto é pertinente àquela comunidade, que possui propostas desafiadoras e que trará benefício a todos. O educador inovador tem que acreditar no poder transformador do projeto e lutar por ele;

9 – Para ter uma parceria de sucesso é necessária uma ação coordenada dos diferentes sujeitos e suas habilidades, exemplo: Se tenho a parceria de uma rádio comunitária, um grupo de alunos ficará responsável pela divulgação e produção do áudio ligados ao projeto;

10 – Tenha uma postura de abertura para aproveitar os desdobramentos que surgem, dando novos direcionamentos;

11 – Avalie durante todo o processo para poder modificar o que for necessário;

12 – Incentive a criatividade, colaboração, aprendizagem contínua e desenvolvimento de competências;

13 – Incentive o uso das novas tecnologias, pois elas aproximam pessoas, agregam ideias, facilitam a colaboração, desenvolvem as competências exigidas dos nossos alunos e permitem que eles criem.

Adaptado de: Educadores Inovadores

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s