Fundação Estudar prorroga inscrições para bolsas de graduação e pós-graduação

Há opções de estudos no Brasil e em outros 23 países da Ásia, Oceania, América e Europa. O novo prazo de inscrições se estende até 28 de março

Foram prorrogadas até o próximo dia 28 de março as inscrições para o programa de bolsas de estudos da Fundação Estudar. Além de auxílios em cursos de graduação no Brasil e no exterior, há oportunidades para programas de pós-graduação em instituições internacionais. Para participar basta candidatar-se no site oficial da Fundação Estudar.

Serão aceitas as inscrições de alunos de graduação já aprovados no vestibular 2011 ou que estejam cursando (do primeiro ao penúltimo ano) o Ensino Superior presencial em instituições com bons desempenhos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE). No site oficial do programa, há a lista de universidades apoiadas pela Fundação Estudar.

Enquanto às vagas no Brasil são destinadas aos alunos dos cursos de Administração de Empresas, Ciências Econômicas, Direito, Engenharias e Relações Internacionais, as oportunidades no exterior beneficiam estudantes de Administração de Empresas, Ciências da Computação, Ciências Econômicas, Ciências Políticas, Engenharias, Matemática e Relações Internacionais.

Para as bolsas de pós-graduação podem participar alunos das áreas de Administração de Empresas, Administração Pública, Artes, Direito, Políticas Públicas e Ciência. Nesta modalidade, as bolsas não são direcionadas aos cursos de especialização, mas sim a programas de nível de mestrado.

No exterior, tanto para graduação como para pós, a Fundação Estudar direciona recursos para estudantes aprovados em instituições consideradas de primeira linha da Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, China, Cingapura, Coréia do Sul, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Hong Kong, Índia, Itália, Japão, Luxemburgo, Noruega, Portugal, Reino Unido, Suécia e Suíça.

A escolha dos bolsistas é baseada na descoberta de novos talentos com alto potencial intelectual, excelência acadêmica, elevado padrão ético, capacidade de liderança e compromisso com o país. Durante o processo de seleção, os alunos são avaliados em dinâmicas de grupo, testes e entrevistas individuais.

Não há um valor fixo para as bolsas, já que cada uma é negociada individualmente levando em consideração o plano de contas e o perfil acadêmico e econômico do candidato. Só após essa análise é que se decide o valor da bolsa. Entretanto, em todos os casos os auxílios são parciais, não cobrindo todas as despesas envolvidas.

Fonte: Universia Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s