Livro “Mídia e sociedade em transformação” disponível para download gratuito

O livro “Mídia e sociedade em transformação” organizado por Caroline Kraus Luvizotto, Célio José Losnak e Danilo Rothberg está disponível para download gratuito pela Editora Unesp – Cultura Acadêmica. Acesse e baixe o seu exemplar: http://culturaacademica.com.br/catalogo-detalhe.asp?ctl_id=573

Capa

Sumário

Apresentação

 

Parte 1

1 – Consumo midiático e consumo midiatizado: aproximações e diferenças. Uma contribuição teórico-metodológica

Eneus Trindade e Clotilde Perez

2 – A função social da comunicação pública: extensão universitária e habilidades executivas civis

Heloiza Helena Matos e Nobre e Guilherme Fráguas Nobre

3 – Comunicação pública digital da ciência para a democracia: um campo em construção

Danilo Rothberg e Aline Cristina Camargo

 

Parte 2

4 – O direito à comunicação, as relações midiáticas e a diversidade de sistemas na radiodifusão

Renan Milanez Vieira e Carlo José Napolitano

5 – As prisões do “mensalão” e a construção do mito barthesiano

Murilo Cesar Soares e João Guilherme D’Arcadia

6 – A morte do missionário: a identidade do comentador de notícia no webjornalismo

Claudio Bertolli Filho e Ana Carolina Biscalquini Talamoni

 

Parte 3

7 – Underground no O PASQUIM: uma experimentação histórica de jornalismo

Célio José Losnak e Giuliana Chorilli

8 – Por um percurso da noticiabilidade à estética jornalística

Marcos Paulo da Silva

9 – Mundo multipolar, mídia multipolar

Antonio Ribeiro de Almeida Junior e Thales Novaes Andrade

 

Parte 4

10 – Manifestações pró-impeachment Dilma Rousseff e comunicação política no Twitter

Teresinha Maria de Carvalho Cruz Pires

11 – Movimentos sociais, ativismo e participação na sociedade da informação

Caroline Kraus Luvizotto e Daniele Ferreira Seridório

12 – Mídia concentrada, democracia fragilizada? Interpretando estruturas de mercado de mídia como legado autoritário

Juliano Domingues-da-Silva

13 – Juventude e cidadania: a ação de Isadora Faber para além do Facebook e do Participatório

Maximiliano Martin Vicente, Mayra Fernanda Ferreira e Vinicius Carrasco

 

Sobre os Autores

 

I Seminário Internacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais – UNESP/Marília

A Comissão Organizadora do I Seminário Internacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UNESP de Marília – Brasil Contemporâneo: perspectivas e desafios convida pós-graduandas(os), graduandas(os), professores da rede pública de ensino e demais pesquisadores para participarem do referido evento na modalidade de apresentadores de trabalhos. Inscrições abertas até dia 26 de julho de 2015. Os resumos a serem submetidos devem abordar pesquisas acadêmicas concluídas ou em desenvolvimento, bem como relatos de experiências que resultem do desenvolvimento de projetos relacionados às temáticas dos Grupos de Trabalho que compõe a programação científica do evento.

Eu e o professor Dr. José Geraldo Bertoncini Poker estamos coordenando o GT 2: Cidadania, movimentos sociais e ativismo online

Ementa:

A configuração e o fortalecimento dos grupos sociais, a qualidade da democracia brasileira e a produção incessante de informação e conhecimento na sociedade contemporânea suscitam novos olhares sobre a dinâmica social, sobretudo, sobre a participação cidadã, a configuração de movimentos sociais e o ativismo no Brasil. Este GT pretende reunir pesquisas sobre movimentos sociais e ativismo na sociedade civil e suas formas de atuação e interação no ambiente online (na internet) e offline (nas ruas). Para tanto, o GT propõe três eixos de debate: Eixo 1 – Investigações sobre as formas de participação, engajamento, à formação de identidades e repertórios estratégicos e de protesto dos atores sociais; Eixo 2 – Investigações sobre a ação dos movimentos sociais e de ativistas na internet, para criar, organizar, disseminar e registrar suas ações em rede; Eixo 3 – Investigações sobre os impactos produzidos pelas interações Estado/movimentos sociais sobre a concepção e elaboração de politicas públicas. O GT incentiva reflexões sobre casos empíricos e reflexões teóricas pertinentes a partir da literatura especializada.

Esperamos por vocês.

11050692_1609606142621877_2275980177146531347_n

PROGRAMAÇÃO GERAL DO I SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS DA UNESP DE MARÍLIA 

Terça-feira – 22/09/2015 

Manhã: Credenciamento

Tarde: Credenciamento e Minicursos

Minicurso 1 – Cinema e Pensamento Social

Minicurso 2 – O Estado como dominação

Minicurso 3 – Introdução ao emprego de metodologias quantitativas em Ciências Sociais

Noite: 

– Mesa de AberturaMobilização social na contemporaneidade

Prof. Dr. Massimo Canevacci (Università degli Studi di Roma La Sapienza – Itália)

Mediador: Prof° Dr. Edemir de Carvalho (FFC/UNESP/Marília)

Local: Anfiteatro FFC

Quarta-feira – 23/09/2015

Manhã

Apresentação dos Grupos de Trabalho (GTs)

Tarde:

Minicurso 4 – Mídias Digitais e Subjetividades – considerações sobre a pesquisa na rede

Minicurso 5 – Métodos e técnicas qualitativas de pesquisa social no meio urbano

Noite:

– Lançamento de livros

Mesa-redonda: Exceção democrática e direitos humanos

Profª Drª. Lídia Maria Viana Possas (FFC/UNESP/Marília)

Prof. Dr. Luís Antônio Francisco de Souza (FFC/UNESP/Marília)

Prof. Doutorando Adalton Marques (UFScar)

Mediador: Prof. Dr. Antônio Mendes da Costa Braga (FFC/UNESP/Marília)

Local: Anfiteatro FFC

Quinta-feira – 24/09/2015

Manhã

Apresentação dos Grupos de Trabalho (GTs)

Tarde:

Minicurso 6 – O surgimento da fotografia e seu impacto na arte contemporânea

Minicurso 7 – Materialismo cultural e crítica social em Raymond Williams

Noite:

– Mesa-Redonda: Relações internacionais e Brasil Contemporâneo

Prof. Dr. Anderson Deo (FFC/UNESP/Marília)

Prof. Dr. Francisco Luiz Corsi (FFC/UNESP/Marília)

Prof. Dr. Mauro Luís Iasi (UFRJ)

Mediadora: Pós Doutoranda Érika Batista (FFC/UNESP/Marília)

Local: Anfiteatro FFC

Festa de encerramento do evento (local a definir)

Curso de Especialização em Linguagem, Cultura e Mídia – UNESP/Bauru

As inscrições para o Curso de Especialização em Linguagem, Cultura e Mídia da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação – FAAC, UNESP – Universidade Estadual Paulista, Campus de Bauru estão abertas até 15 de julho de 2015.

O curso será ministrado por docentes do Departamento de Ciências Humanas da FAAC. Ministrarei a disciplina Comunicação, cidadania e ativismo digital. Clique aqui e acesse o site do curso.

unknown

 

email2

 

 

XVII Jornada Multidisciplinar – Diversidade, Acessibilidade e Direitos: Diálogos com a Comunicação

logo-jornada---id-6-alta-qualidade

INSCREVA SEU TRABALHO AQUI

XVII Jornada Multidisciplinar “Diversidade, Acessibilidade e Direitos: Diálogos com a Comunicação”, organizada pelo Departamento de Ciências Humanas da FAAC – Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da UNESP, campus de Bauru, ocorrerá entre os dias 11 e 13 de agosto de 2015.

Neste ano, a XVII Jornada Multidisciplinar receberá o VIII Encontro de Direitos Humanos na Unesp, que terá uma programação especial articulada com a Jornada.

As inscrições serão feitas exclusivamente na Secretaria do Departamento de Ciências Humanas (DCHU), de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. O período de inscrições vai do dia 08/06 ao dia 11/08 (primeiro dia do evento). Já o período de submissão de trabalhos (orais e painéis) é do dia 22/06 ao dia 13/07. A divulgação dos trabalhos aprovados será no dia 20/07 e o pagamento de inscrições de trabalhos aprovados será entre os dias 21 e 31/07. Para ficha de inscrição e informações sobre valores, acesse: http://goo.gl/dqLly1

Confira a programação completa:

11/08 – TERÇA-FEIRA

15h – Sala 69 – Observatório de Educação e Direitos Humanos

Colóquio aberto: Onde está a diversidade na universidade?

Coordenação: Grupo de Pesquisa “Ética, Educação e Direitos Humanos”

18h – Auditório Adriana Chaves – Central de Salas

Sessão interativa: filme – “Eu não quero voltar sozinho”

  • Debatedor: Jorge Leite Jr. (UFSCar)

  • Coordenadora: Patrícia Porchat (Unesp / FC – Bauru)

20h – Auditório Adriana Chaves – Central de Salas

Mesa abertura: Diretores FAAC, Chefia CHU, Organizadores do evento

20h15 – Auditório Adriana Chaves – Central de Salas

Mesa Redonda: Diversidade, desigualdade e direitos humanos –  relações ético-raciais

  • Profa. Dra. Keila Deslandes (UFPO-MG)

  • Edna Muniz (CEERT – Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdade-SP)

Coordenação: Prof. Dr. Clodoaldo Meneguello Cardoso

12/08 – QUARTA-FEIRA

9h às 12h – Salas de Aula – SESSÕES DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS 

Eixo 1: Diversidade – Gênero e sexualidade

– Gênero, Sexualidade e Mídia

– Questões étnico-raciais, comunicação e direitos

– Diferenças, diversidade e direitos

Eixo 2: Acessibilidade, Igualdade e comunicação

– Legislação, políticas e direitos da pessoa com deficiência

– Recursos e produção de mídias focadas na acessibilidade à educação, arte, entretenimento e informação

– A construção dos sujeitos e dos discursos na mídia sobre a pessoa com deficiência

Eixo 3: Direitos humanos na interculturalidade

– Mídia, democracia e diversidade cultural e étnico-racial

– Universidade, ciência e diversidade étnico-racial

– Direitos Humanos e relações internacionais

Eixo 4: Temas Livres

– Este eixo será subdividido tematicamente de acordo com os trabalhos inscritos, e divulgados após avaliação da Comissão Científica.

14h30 – Sala 2

CINECLUBE MIX FAAC: CIRCUITO “FESTIVAL ASSIM VIVEMOS”

Coordenadora: Profa. Dra. Lucinea Marcelino Villela (UNESP)

15h – Sala 69 – Observatório de Educação e Direitos Humanos

Assembleia aberta: Direitos Humanos na Unesp – ensino, pesquisa e extensão

Coordenação: Observatório de Educação em Direitos Humanos

17h – Bosquinho

Papo aberto com Coletivo Feminista Abre Alas

19h – Auditório Adriana Chaves – Central de Salas

Mesa-redonda: Acessibilidade, direito à diferença

  • Susana Nogueira Libório Godoy (Secretaria Municipal de Cultura – Bauru)

  • Emmanuelle Alkim (Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida – Campinas)

Coordenação: Profa. Dra. Lucinea Villela (UNESP)

13/08 – QUINTA-FEIRA

9h – 12h – Oficinas

  • Ativismo feminista na rede – Aline Ramos e Ms. Amara Moira (sala 57)

  • Mídias e acessibilidade – Profa. Dra. Lucinea Villela (sala 80)

  • Educação para a diversidade – Prof. Dr. Clodoaldo Cardoso (sala 69)

14h30 – Sala 2

CINECLUBE MIX FAAC: CIRCUITO “FESTIVAL ASSIM VIVEMOS”

19h – Auditório Adriana Chaves – Central de Salas

Mesa-redonda: Gênero, sexualidade e direitos, diálogos e tensões com a mídia

  • Profa. Dra. Anna Paula Vencato (UNIP-SP)

  • Profa. Ms. Marcela Pastana (UNESP)

Coordenação: profa. Dra. Larissa Pelúcio (UNESP)

21h – Auditório Adriana Chaves – Central de Salas

Encerramento: Grupo de Maracatu Abayomi

Livro: A educação a distância na sociedade da informação e o processo de comunicação na sala de aula virtual

Capa livro EAD

O livro A educação a distância na sociedade da informação e o processo de comunicação na sala de aula virtual foi escrito por mim e pela professora Fabiane Carniel (Unicesumar) e é fruto de pesquisas que relacionam o campo da Educação e o campo da Comunicação.

Foi publicado pela Editora Unesp, selo Cultura Acadêmica, com o ISBN 978-85-7983-585-8.

Acesse o livro e faça o download gratuito no site da Cultura Acadêmica ou na minha área no Slideshare.

Sinopse

O livro é um amplo debate sobre o Ensino a Distância (EaD) e as relações entre ensino e aprendizagem, dentro do contexto mais amplo da sociedade de mercado e da informação. Na pesquisa, as autoras debruçaram-se em especial sobre o ensino superior, que nas últimas décadas perdeu o caráter elitista no Brasil, ao expandir-se enormemente e com significativa contribuição do EaD.

Segundo as autoras, deveu-se isto especialmente ao fato de o EaD configurar-se, antes de tudo, como uma modalidade de ensino caracterizada pela separação temporal e espacial entre professores e alunos, o que torna a aplicação dos cursos muito mais flexível, para ambos os lados. As gerações mais recentes de EaD também apresentam metodologias que promovem maior aproximação e interação entre seus agentes, proporcionando estratégias de aprendizagem mais interativas e colaborativas e mais adequadas aos diferentes contextos sociais.

O trabalho também foca aspectos específicos, como a sala de aula virtual, o papel do “professor tutor” na Educação a Distância e a organização, comunicação e gestão na sala de aula virtual, sem jamais perder de vista as difíceis interações que se dão entre os aspectos educacionais e comerciais presentes nestes elementos.

Sumário

Apresentação (por Prof. Dr. Sérgio Fabiano Annibal)

Introdução

Sociedade da informação, comunicação e educação

A Educação a Distância no cenário da sociedade da informação

A sala de aula virtual: comunicação, ensino e aprendizagem

O professor tutor na Educação a Distância: interatividade e colaboração

Organização, comunicação e gestão na sala de aula virtual

Considerações finais

Referências bibliográficas

Sobre as autoras

 

O Golpe de 1984

Livro “O Golpe de 1964 e a Ditadura Militar em Perspectiva”

O Golpe de 1984

O livro “O Golpe de 1964 e a Ditadura Militar em Perspectiva” (2014) foi organizado por mim, juntamente com outros três colegas do Departamento de Ciências Humanas da FAAC – Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da UNESP, Campus de Bauru, professores Carlo José Napolitano, Célio José Losnak e Jefferson Oliveira Goulart.

Foi publicado pela Editora Unesp, selo Cultura Acadêmica, com o ISBN 978-85-7983-610-7 1.

Acesse o livro e faça o download gratuito no site da Cultura Acadêmica ou na minha área no Slideshare.

Sinopse

Os 50 anos do golpe de Estado de 1964 estimularam inúmeros eventos acadêmicos, fomentando revisões e novos campos historiográficos de pesquisa. Neste caso, o historiográfico não se limita à historiografia de oficio, mas à convergência de pesquisadores de diversas áreas que ajudam a adensar o conhecimento histórico. O livro que ora se apresenta, O Golpe de 1964 e a Ditadura Militar em perspectiva, é um dos exemplos desse encontro de diversas áreas do conhecimento para compreender eventos e processos históricos que estão entre os mais impactantes da vida republicana brasileira. Não seria exagerado dizer que o golpe e o regime que se seguiu foram divisores de água da história brasileira, alterando de maneira profunda estruturas, valores e instituições em vários campos da vida social.

Sumário

Prefácio – Marcos Napolitano

Política

Política, história e a questão da atualidade do golpe de 1964 – Cicero Araujo

Crônica de uma centralização anunciada: concentração de poder e dinâmica federativa sob a ditadura – Jefferson O. Goulart

Política de educação e política da universidade no pós-64 – José Misael Ferreira do Vale

Crise do regime político no pré-1964, golpe civil-militar e consolidação do regime ditatorial – Luiz Fernando da Silva

O poder sindical na ditadura e na transição política brasileira – Eduardo G. Noronha e Ivan Ervolino

A invenção da nação Brasil – Luiz G. Motta

Comunicação

Henfil Rindo da Ditadura – Fradim (1971/1980) – Marcos Silva

O jornal O Estado de S. Paulo e o regime autoritário nos editoriais do primeiro e décimo aniversários do golpe de 1964 – Maximiliano Martin Vicente

Parabéns pra vocês, pêsames para nós… Reflexões acerca de alguns ‘aniversários’ do golpe – Beatriz Kushner

Perspectivas do golpe de 1964 pela imprensa do interior paulista: o caso do Correio da Noroeste e Diário de Bauru – Célio J. Losnak e Marina de Mello Fontanelli

A batalha do Correio da Manhã e do movimento estudantil em 1968 contra a ditadura militar durante a Sexta-Feira Sangrenta e a Passeata dos Cem Mil – Maria Ribeiro do Valle

Censura à liberdade de expressão e propaganda política: estratégias para legitimação do regime militar – Carlo José Napolitano, Caroline Kraus Luvizotto e Lucilene dos Santos Gonzales

O discurso sobre a redemocratização no Brasil: a cobertura da Folha de S. Paulo sobre as Diretas Já – Érika de Moraes

Cultura

A literatura em choque – Marcelo Coelho

‘O maior barato!’: cinema e futebol feminino nos anos derradeiros da ditadura militar – Claudio Bertolli Filho e Ana Carolina Biscalquini Talamoni

Hegemonia e diversidade cultural antes e depois de 1964 – César Bolaño

A Copa da ambiguidade: algumas reflexões sobre o escrete brasileiro no mundial de futebol de 1970 e a ditadura militar – José Carlos Marques e Tatiana Zuardi Ushinohama

Algumas observações sobre a vida cotidiana no regime militar – Verônica Sales Pereira

A privação da Filosofia no ensino a partir da ditadura militar e as consequências para o pensamento reflexivo na escola – Maria Angélica Seabra Rodrigues Martins e José Antônio Leandro Filho

Sobre os autores